Enriqueça Seu Pão

Resolvi fazer este post para dar dicas, idéias de como enriquecer seu pão, de como deixá-lo mais saudável, tendo em vista que hoje o consumo de massas, pães e derivados de farinha tem crescido tanto é muito importante que façamos com que este alimento também seja uma parte nutritiva e enriquecida de nossa alimentação diária. É claro que não basta comer um pão sem aditivos químicos feito em casa, nem tão pouco um pão que seja sem aditivos mas também sem vitamina alguma, que não traga benefício algum ao nosso organismo. O pão é um alimento consumido por todo mundo, não conheço ninguém que não goste, mas uma alimentação completa e balanceada só traz benefícios e você pode se utilizar destas dicas que vou dar para usar estes benefícios a favor de seus objetivos e de sua saúde!

"Como utilizar nas receitas"
- Em pó: Quando for utilizar grãos, sementes ou vegetais em pó nas receitas, utilize cerca de uma colher de sopa, pois assim não irá alterar em nada o aspecto da massa e só irá melhorar o sabor, aroma e aparência do pão.
- Óleos: No caso de óleos de sementes e de grãos como o azeite, o óleo de linhaça ou de gorduras como óleo de coco você pode simplesmente substituir qualquer manteiga ou margarina por eles, assim você não afeta o resultado do pão e ainda enriquece. Também pode adicionar uma colher de sopa em receitas que não levam gorduras ou óleos.
- Sementes, Grãos, Castanhas, Nozes e Frutas Secas: Ao programar o ciclo em sua máquina após alguns minutos de funcionamento você irá ouvir um sinal sonoro, um BIP, é nesta hora que você deve adicionar estes tipos de ingredientes, desta formas eles serão misturados de forma homogênea na massa e não serão tão quebrados e diluídos na mistura.
- Farelos e Farinhas: Estes ingredientes afetam a textura da massa e o resultado final da mesma, por isso é preciso ter atenção na hora de incluí-los em receitas que originalmente não os contenham. A melhor forma de inseri-los em uma receita é substituindo parte farinha integral ou se não for o caso da farinha branca, mas nunca ultrapassando 50% do total de farinha branca, o ideal é substituir apenas 10 à 30% da farinha branca total, mas sempre observando durante o início do preparo se será necessário acrescentar mais farinha ou mais líquidos para acertar a textura da massa, pois se não o resultado final pode não ser o esperado.

"Os Grãos"
Vou começar falando dos benefícios dos grãos, os mais conhecidos e mais fáceis de achar, hoje eles estão tão em alta e "na moda". Os grãos tem um papel fundamental na nossa alimentação e alguns deles possuem elementos não encontrados em nenhum outro alimento na natureza, portanto são vitais para uma saúde equilibrada, abaixo falarei de alguns deles e seus benefícios, mas antes quero que saibam que são os mais fáceis de inserir em suas receitas, podem ser acrescentados em qualquer, repito, qualquer receita de pão que desejarem sem afetar o resultado final e textura da massa, basta adicionar cerca de 1/2 xícara após soar o BIP durante o ciclo do pão que esteja preparando, e ainda tem mais, alguns, aliás a maioria, são termogênicos, ou seja, ajudam na queima de gordura.
- Linhaça: Rica em ômega 3, ômega 6, sódio e fibras, melhora o funcionamento intestinal, circulação sanguínea, reduz o colesterol ruim, tem ação anti-inflamatória, faz muito bem para a pela e cabelos.
- Amaranto: Rico em aminoácidos, fibras, zinco, cálcio, fósforo e não contém glútem. Tem ação antioxidante, reduz o colesterol. O ideal é utilizar em flocos.
- Quinoa ou Quinua: O mais rico em proteínas, não contém glútem, rico também em vitaminas do complexo B, vitamina A, C e E, além de ferro, fósforo, cálcio, ômega 3 e 6. Tem ação contra TPM, menopausa, doenças do coração, osteoporose, é bom para atletas pois auxilia na digestão e na reestruturação das fribras musculares.
- Girassol: Alto teor de vitamina B e E, potássio, magnésio, cobre, fósforo e selênio. Previne alto colesterol, melhora circulação sanguínea, é antioxidante, ajuda na recuperação muscular
- Gergelim: Melhora o trato intestinal por ser rico em fibras e melhora a circulação sanguínea evitando prisão de ventre e hemorroidas. É fonte de proteínas e gorduras do bem, cálcio. Tonifica músculos e ossos, figado e rins, e ainda combate dores lombares e nas articulações.
- Trigo: O Trigo em grão tem basicamente as mesmas qualidades da farinha de trigo integral, só que com mais fibras, mas para utilizá-lo nos pães sem que fique duro é interessante deixar de molho em um pouco de água de um dia para o outro. É riquíssimo em fibras, bom para controlar diabetes, é fonte de carboidratos, vitaminas do complexo B, vitamina E, ferro, cálcio, magnésio e zinco.

"Os Óleos"
Em geral os óleos derivados dos grãos e sementes tem as mesmas propriedades dos mesmos, por isso não repetirei os que provenham dos já citados, e ainda tem a facilidade de serem líquidos e poderem ser incorporados ou substituídos ainda mais facilmente em qualquer tipo de receita.
- Soja: Rico em gordura polinsaturada ômega 3 e ômega 6. Tem ação anti-inflamatória, diminui o risco de doenças cardiovasculares, regula os níveis de colesterol total, diminuindo o colesterol ruim (LDL) e aumentando o colesterol bom (HDL). Outro fator positivo deste óleo é o custo-benefício, sendo o óleo mais em conta.
- Canola: Óleo conhecido como monoinsaturado pelo alto teor deste tipo de gordura. Contém menos teor de gordura saturada, menos que os de soja, milho e girassol. É rico em ômega 3 e 6 e pode ser substituído pelo azeite, mas por ser refinado acaba perdendo um pouco de suas propriedades.
- Milho: Rico em gordura polinsaturada (ômega 6) e monoinsaturada, ajuda a melhorar os níveis do colesterol, protege as artérias e melhora o sistema imunológico.
- Azeite de Oliva: É o mais famoso óleo monoinsaturado, seu consumo de forma moderada ajuda a manter o colesterol total dentro dos níveis normais e aumenta os níveis do colesterol bom - HDL. Além disto, é rico em vitamina E e ajuda a regular o intestino. Por não ser refinado tem mais compostos bioativos que possuem atividade antioxidante e previne doenças cardiovasculares, processos inflamatórios e doenças crônicas.
- Coco: Em primeiro ligar saiba que tem que ser sempre o extra virgem. Tem propriedades antioxidantes, contra o colesterol ruim, ajuda o sistema imunológico, intestinal e tireoide, é cicatrizante e bom para os músculos, mas cuidado com excessos, ainda há muitos mitos sobre este óleo e já há estudos que comprovam que o excesso do mesmo aumenta a gordura no fígado e causa um efeito contrário.
- Abacate: Combate o envelhecimento pois é antioxidante e combate a ação do radicais livres, estimula o colágeno e inibe a formação de marcas na pele.

"As Castanhas"
As castanhas e nozes são conhecidas como alimentos da classe dos oleaginosos, que são os vegetais, frutas ou frutos que possuem óleo ou gordura, e apesar de serem bem calóricas, em geral todas são ricas em gorduras monoinsaturada e polinsaturada, vitaminas e minerais como vitamina E, potássio, selênio que é antioxidante, magnésio, ômega 3 e proteína vegetal. São potentes contra doenças coronárias, diversos tipos de câncer, colesterol, fazem muito bem para a pele, cabelos, e sempre devemos consumir moderadamente com frequência, pois algumas tem substâncias benéficas que só nelas são encontradas. Existem muitos tipos como: castanha de caju, castanha do pará, nozes, avelãs, amêndoas, amendoim, macadâmia...

"As Frutas Secas"
As frutas secas são riquíssimas em nutrientes e ajudam muito o trato digestório, em geral são ricas em fibras e açúcar natural, a frutose, por isso é importante não exagerar e dar preferência por aquelas que não tem adição de mais açúcar. Todas tem praticamente a mesma carga calórica e benefícios, além das fibras possuem vitamina E, ácidos graxos como ômega 3 e proteínas, por isso são recomendadas para dar maior saciedade, combater com ação anti-inflamatória e até para câncer e problemas do pulmão e doenças cognitivas. Por frutas secas entende-se as uvas passas, ameixas secas, banana passa... e as próprias castanhas e nozes.

"Legumes, verduras e frutas"
Geralmente em receitas de pão o melhor e usar estes tipos de alimentos em forma de pós, hoje no mercado existe quase de tudo nesta área em pó, os mais conhecidos são o tomate, cenoura, espinafre... além de dar aquela cor linda às receitas ainda enriquece com os mesmos. Além disso fica mais fácil inserí-los em nossa alimentação, principalmente na alimentação das crianças e adolescentes que costumam não consumir muito deste alimento. Outra dica e utilizar o purê destes alimentos nas receitas, desta forma fica ainda mais fácil. Em ambos os casos, natural ou em pó, as propriedades destes alimentos são as mesmas, por isso não vou listar aqui todas as vitaminas e propriedades, até porque neste caso a maioria das pessoas já tem uma ideia.

É importante lembrar que nenhum alimento "cura" doenças e que não sou nutricionista ou médico, mas sabemos todos que a inclusão de alimentos saudáveis e ricos e nossa dieta só nos traz benefícios!
Se você quiser saber mais sobre os benefícios de outros alimentos que não mencionei ou que mencionei fale com um nutricionista ou recorra ao bom e velho Google, você encontrará ótimas matérias a respeito de qualquer grão, óleo, castanha ou alimentos em geral que deseje adicionar aos seu pães, mas lembre-se nada é milagroso como muitos fazem propaganda por aí, mudar os hábitos é que faz a diferença!!!

Abraços,

Maurício


Maurício Rodrigues

Olá friends, eu sou Maurício Rodrigues, Blogueiro e YouTuber...e este é o meu mundo! Adoro criar e ensinar receitas e dicas com eletrodomésticos, ferramentas e utensílios que facilitam a nossa vida na cozinha.

Obs: Todas as receitas deste blog são testadas e adaptadas por mim, fotos próprias ou de parceiros, créditos cedidos ou royaltfree.

23 comentários:

  1. Olá Karina, desejo-lhe o mesmo e agradeço os elogios. Abraços!

    ResponderExcluir
  2. OK. MAURICIO, VC ESQUECEU DOS FRIOS NO PAO DE MAQUINA.
    JA USEI - DEPOIS DO BIP: CALABREZA, PRESUNTO, LOMBINHO CANADENSE, MORTADELA, QUEIJOS - 3 TIPOS, TUDO CORTADO EM CUBOS GRANDES. SIMPLESMENTE, VIRAM PÓ ! COMO FAZER, AMIGO ?

    ResponderExcluir
  3. Olá, não esqueci, tem várias receitas aqui no blog com frios, mas não entra neste post pois não são alimentos saudáveis e que enriquecem em funcionalidade. Mas use sempre em tamanhos grandes para que depois fiquem maiorzinhos na massa, ou então bata a massa, misture depois os frios, deixe crescer dentro da máquina e depois programe para assar. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. olá Mauricio, comprei minha máquina tem um tempinho e não estava usando porque não dava certo. Mas depois que achei este blog maravilhoso, todos os dias, faço um pão diferente. valeu por essa ideia tem ajudado bastante

    ResponderExcluir
  5. Oi Meyre, que legal, obrigado e seja sempre bem-vinda! :)

    ResponderExcluir
  6. Olá! voce recomenda a máquina Mondial ou Cadence, Por que? ambas tem um bom custo /benefício?

    Quanto a energia elétrica, ambas tem baixo consumo?

    suas receitas de pão integral são muito boas. Parecidas com minhas.

    Não comprei a máquina ainda pois não sei quanto ao custo benefício, se vale ou não comprar.

    Espero que me dê uma dica.

    Abs.

    ResponderExcluir
  7. Oi Jeanette, recomendo qualquer uma das duas, são ótimas, tenho das duas em casa e faço de tudo nelas, daí vc só precisa escolher o modelo que lhe agrade mais. Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Oi MArcella, podem ser muitas coisas, então aconselho que leia as dicas básicas 1 e 2 aqui mesmo no blog para verificar. abraços!

    ResponderExcluir
  9. Comprei minha maquina de pão. Ainda não fiz nada. Espero que seja fácil.

    Excelente blog, tal como o da airfryer.

    :D

    Kelly

    ResponderExcluir
  10. Oi Kelly, parabéns! É super fácil, no 3 pão vc já estará craque rs

    ResponderExcluir
  11. Meu nome e RITA Mesquita- meus pães estão ficando puchentos (EMBORRACHADOS)o que poderia ser?

    ResponderExcluir
  12. Oi Rita, podem ser várias coisas, leia as Dicas Básicas 1 e 2 aqui mesmo no blog para lhe ajudar!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mauricío, estou realmente apaixonada pelo seu blog. A variedade de receitas maravilhosas é fascinante. Hoje fiz a primeira receita do Blog: pão de requeijão com cebolinha. O aroma está pela casa toda, acabei de tirá-lo da máquina e por ser tarde só vou experimentá-lo amanhã. Obrigada por tanta coisa boa!!!!!!!! Um abraço e parabéns!!!

    ResponderExcluir
  14. Utilizei suas dicas para fazer meu primeiro pão da receita e ficou ótimo. As dicas de farinha

    ResponderExcluir
  15. Maurício, então eu posso substituir a margarina das receitas pelos oleos? Na mesma quantidade? Por ex, se forem 2 colheres de sopa de margarina, 2 colheres de sopa de azeite? Obrigada!

    ResponderExcluir
  16. Olá Maurício!
    Eu já fiz vários pães e todos ficam excelentes!!!
    Não lembro desse bip para colocar os itens adicionais... Ele avisa +/- quanto tempo depois que a maquina começa a funcionar?
    Obrigada,
    Daniela

    ResponderExcluir
  17. É logo nos primeiros minutos, mas não são todas as maquinas que tem.

    ResponderExcluir
  18. Oi, Maurício! Adoro seus blogs, o da fritadeira também é maravilhoso! Parabéns pelo seu trabalho! Olhei suas receitas sem glúten, as dicas, os fóruns e não achei nada sobre o trigo sarraceno, VC tem alguma receita com ele? Posso pegar alguma daquelas sem glúten e substituir algum ingrediente por ele? Desde já agradeço!Abraço!

    ResponderExcluir
  19. Maurício, por favor, para colocar aqueles grãos por cima do pão, na casca, é para colocar antes de crescer ou só quando vai assar? Precisa pincelar com alguma coisa ou só colocar os grãos? Obrigado =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia as DICAS BASICAS aqui mesmo no blog, links ali no menu no topo.

      Excluir

Por favor, antes de perguntar veja se sua dúvida já está respondida no próprio texto da receita ou nas DICAS BÁSICAS, links ali no topo do blog no Menu, ou ainda aqui mesmo nos comentários. Obrigado!